Quando fazer o Big Chop?

Esse é um daqueles assuntos que eu evito falar no blog, porque minha visão é bem diferente da grande maioria. Pra quem não sabe Big Chop, em tradução literal, grande corte, é quando você tira toda a parte com química do seu cabelo. O termo é bem conhecido pelas meninas da transição, uma vez que marca a passagem do cabelo quimicamente tratado para o natural.

big chop transicao capilar

Abro  parênteses: Quando falamos em cabelo natural, não estamos falando em cabelo verdadeiramente natural. Na maioria das vezes, a pessoa apenas deixa de alisar o cabelo, mas descolore, relaxa, pinta, etc. Neste sentido, ”cabelo natural” seria cacheado ou crespo, independente das químicas que usa.

Você está na transição 1 mês, 5 meses, 1 ano ou mais e ainda não cortou a parte com química. Será que este é o melhor momento?

1- Eu queria fazer Big Chop, mas meus pais/marido não gostou muito da ideia.

Bem… antes de decidir isso é preciso pensar R-A-C-I-O-N-A-L-M-E-N-T-E sobre a questão. O que me levou a escrever este post foi pela milésima vez ver adolescentes, na faixa de 15 anos, afirmarem nos grupos do Facebook que o pai/mãe não deixou ela fazer o BC e de repente ver um monte de mulheres adultas dizendo: ” Quem manda no seu cabelo é você. Assume sua identidade! Eu fiz escondida dos meus pais e só contei depois que fiz, se não fizer assim nunca vai fazer.”

Que? Para o mundo que eu quero descer! Eu devo ser muito tradicional pra esse mundo. Tem coisas que não entendo. Juro! Eu até tento entender, mas não dá! Como um ser manda uma criança/adolescente desobedecer os pais SÓ por causa de um cabelo? Tem gente que está tão obcecada com esta história de transição e Big Chop que não consegue mais pensar de forma imparcial e racional.

transicao capilar

Estimular uma adolescente a mentir e trair a confiança dos pais é algo muito sério, assim como incentivar uma mulher casada a cortar o cabelo, mesmo o marido não gostando. Não que eu ache que mulher deve ”obedecer” marido (risos!), mas se o marido dela separar dela, eu não vou casar com ela! Então… antes de dar um palpite sobre algo que afeta o relacionamento do próximo, eu penso, conto 10 x e chego a conclusão que: diálogo e bom senso cabe em qualquer lugar. Em um casamento é preciso ter respeito um pelo outro e se dois chegarem a uma conclusão juntos que é melhor não fazer, quem somos nós para querer impor nosso ponto de vista aos outros? Cuidado com esse pseudo-feminismo descabido! Feminismo não tem nada, repito NADA, a respeito disso!

Dica para as leitoras mais jovens: Se você realmente está decida a fazer o Big Chop e sabe que será melhor para a sua auto estima, para a saúde do seu cabelo, basta ir aos poucos preparando as pessoas que convivem com você. Vá mostrando fotos, explicando como funciona, mostrando firmeza na sua decisão. Se você mora com seus pais, NUNCA desobedeça eles. Você não tem ideia do quanto seus pais já sofreram por você, das madrugadas acordadas, das lágrimas que escorreram quando você pediu algo e eles não podiam dar  e o quanto eles te amam. Nenhuma menina de grupo do Facebook vai te estender a mão mesmo quando você estiver errada como seus pais sempre fazem. Pais são anjos. Valorize eles ou a vida vai te ensinar a valorizar da pior forma possível.

2- Acabei de descobrir esse papo de transição e quero fazer B.C. amanhã!

Tá! Acho muito legal que você esteja na transição e que está buscando um estilo de vida mais saudável e uma valorização da sua beleza. Mas precisa mesmo fazer B.C. amanhã? Não sou contra o B.C., até tenho já planejado o meu, mas o que eu vejo, principalmente aqui no blog, são leitoras desesperadas e angustiadas depois que cortaram o cabelo muito curto no B.C. e se arrependeram.

Ah… lá no Facebook ninguém se arrepende, né? Eu sei! Quem se arrepende não vai ficar publicando em uma página exclusiva sobre isso o quanto ela se arrependeu, e mesmo quando alguém publica, o post vira briga e é deletado em 3 minutos.

big chop

Se você descobriu esse mundo todo nas últimas semanas, se preocupe com o cronograma capilar. Vai restaurando os fios danificados pela química, tratando do seu cabelo, se descobrindo e quando sentir firmeza, faça o B.C. Isso não é uma regra: você pode fazer e gostar. Mas nada como tomar decisões conscientes e no tempo certo!

Separei alguns posts sobre transição capilar para você se aprofundar no assunto, clique nos links a seguir:

Quando começar a Transição Capilar

Como Começar a Transição Capilar

Posso usar secador e chapinha na Transição Capilar

Transição Capilar: O outro lado da moeda

Cronograma na Transição Capilar

Como disfarçar a raiz enrolada na Transição Capilar

Como fazer cachos sem babyliss: Nozinhos

Como fazer cachos sem babyliss: Canudinhos

3- Quero fazer o Big Chop mas tenho medo de me arrepender.

Esse é o comentário mais popular sobre big chop. Sim! Acredito que a maioria tem esse medo de se arrepender, mas nem todas se arrependem. Se você quer fazer, procure fotos de mulheres com o mesmo tipo de cabelo do seu e com cortes curtos, próximo do que você vai cortar. Vá colecionando essas fotos e veja como vai se sentir se seu cabelo fosse assim.

Lembrando que nem sempre o B.C. deixa o cabelo curto ou careca (como mostramos em Mulheres Carecas). Você pode ir parcelando o Big Chop. :-) Vá fazendo aos poucos e sentindo como sua auto estima e o seu cabelo responde. Outra forma comum é esperar o cabelo virgem crescer mais centímetros e cortar quando der pra fazer um corte que goste.

4- Eu não quero fazer Big Chop. Será que dá certo passar a transição sem B.C.?

Dá sim! Mas é bem mais difícil. Se você já está deprimida e não aguenta sua raiz, nem pense em passar a transição sem B.C. Conforme o tempo passa, a situação só piora. Falo isso por experiência própria.

Mas eu me dou bem com meu cabelo. Aprendi a texturizar, vivo fazendo bagunça. Aproveito que tem uma parte com química enorme e descoloro, pinto, corto, bordo.. :-) Se der errado, já estou pronta para fazer o B.C. Sou dessas: desencanadas!

transicao capilar

Para passar a transição sem B.C. você precisa aprender o manual das sobreviventes. Farei um dia um post apenas sobre isso: O manual é grande, já aviso! Entre no Youtube e aprenda tudo sobre texturizações, existem mil e uma texturizações, algumas que usam acessórios (ex. curl formes), outras que usam fonte de calor, outras que não usam nada e funcioam bem. Clique AQUI e veja algumas opções que já ensinei. Aproveite e se inscreva no canal! :-) :-) :-)

5- Eu quero fazer Big Chop e usar uma lace como você mostrou no blog.

Se você não viu, clique em Lace Front Cacheada. As lace wig, ou perucas, são sim boas alternativas. Mas muita gente não se adapta, algumas esquentam muito, outras podem incomodar… Primeiro, experimente e veja se você vai se adaptar.

peruca front lace

Não estou aqui julgando nenhuma questão de ”assumir identidade”, até porque devido a  minha formação (minha família, minhas experiências de vida, as leituras que fiz, etc) me faz ver esta questão com uma certa parcimônia, mas não vem ao caso agora. Eu sempre digo para as leitoras do UGB: Faça o que te faz feliz!

No Facebook também tem grupos das meninas que usam laces e quando vejo os testemunhos emocionados, fico muito feliz. As pessoas são únicas no mundo, não seremos todas felizes da mesma forma. Se você se interessou pelo assunto, não deixe o preconceito e a ignorância alheia serem empecilhos!

6- Vou fazer Big Chop e relaxar a raiz. Meu cabelo é muito crespo.

Grande parte das cacheadas fazem relaxamento, inclusive algumas blogueiras negras. Não vejo nenhum problema quanto a isso. Cada um sabe o que é melhor para si.

Eu não sei se faria, porque tenho muita preguiça de ir ao salão e relaxamento é uma daquelas coisas que devemos pensar mil vezes antes de fazer em casa sozinha. Ainda mais com um cabelo enorme como o meu.

cabelo natural crespo

O outro lado da moeda é que cabelo ”muito” crespo não é feio. Não é porque seu cabelo é tipo 4 e não se enquadra na maioria das fotos que postamos de cacheadas que você deve fazer relaxamento. Inclusive, tenho pensado em um post apenas sobre o cabelo tipo 4 com fotos e inspirações, vejo que as meninas ainda encontram muitas dificuldades para se inspirarem, já que a maioria das fotos são de cabelos com cachos largos e compridos.

Mais uma vez vale o bom senso. Quer fazer? Faz! As químicas muitas vezes podem ser benéficas, depende do uso que você faz delas! Mas pense bem: quanto mais químicas, maiores são os riscos e maiores os cuidados. Por outro lado, não pense que quem descolore os cachos de loiro ”assumem” mais a essa tão falada ”identidade” do que você. Discursinho hipócrita! :-) Além disso, eu sei (mais uma experiência própria!) o quanto descoloração pode ser tão agressiva quanto relaxamento, ainda mais quanto feita com produtos comerciais e em cabelos crespos, que são naturalmente mais sensíveis.

big chop

Uma dica sobre relaxamento é fazer como a Ray: usar misturado com um creme para não deixá-lo tão forte e dar um espaçamento de tempo grande entre uma aplicação e outra. Mas, claro, procure um profissional e não arrisque fazer estas coisas em casa se você nunca fez antes. Se optar por usar algum tipo de química, como descolorante, tinta, relaxamento, clique em Cuidados para Cabelos Quimicamente Tratados.

Espero que este post ajude quem está na cruel dúvida do B.C. Sinceramente, não tenho uma opinião favorável ou não. Tenho pensado no meu e em quando vou fazer, mas nem de longe pensei em criar a próxima seita do Big Chop com pessoas estéreis ordenando todas as outras a fazerem. Não é porque sua raiz esta enorme que você é obrigada a fazer B.C.

Não se limite a este post: tem milhares de mulheres que já fizeram no mundo e não se arrependem. O antes e depois é incomparável, até a expressão do rosto muda. Considere o seu estilo de vida e suas necessidades nesta decisão.

Pense! Espere a hora certa, procure fotos, se inspire nas meninas que já fizeram B.C., cuide do seu cabelo e faça muito cronograma. Se seguir estes passos não tem como seu Big Chop dar errado. Pode ser que demore 1 semana pra você se decidir, mas pode ser que demore 2 anos. Não se desespere e acima de tudo: Ouse ser feliz!

***ATUALIZAÇÃO***

Fiz o meu Big Chop, acompanhe o video:

 

A última das idealistas de um mundo desiludido. Apaixonada por livros, maquiagem e moda, tem os pés no chão e acredita que a vida é muito mais do que uma Prada ou Chanel 5 original.

Comments

26 respostas a Quando fazer o Big Chop?

  • Juliana disse:

    Olá, sou Juliana
    Contando um pouco da minha história…
    Há 15 dias estava eu em casa, tinha acabado de lavar os cabelos, quando de repente fui convidada pra sair, dai começou a novela das 9… Meu Deus como vou sair com esse cabelo molhado , nao vai dar tempo de escovar e bla bla bla, depois de diversas tentativas de penteado, resolvir sair com ele solto com uma tiara.Fiz a velha fitagem e lá foi Eu.
    No outro dia, fui trabalhar da mesma forma e assim foi a minha semana de trabalho.Confesso que juntei o util ao agradavel, pois estava com preguica de escovar ele
    No trabalho fui questionada pq nao usava meu cabelo daquela forma, dai eu cair em mim e questionei-me Porque sou refem da chapinha, pq nao assumo minha negritude????
    Sim, pq diversas vezes deixei de sair, festas entre outros por causa do cabelo.
    Entaun fiquei me martelando a semana toda, olha blogs etc. Fui numa loja de cosmeticos comprei diversos produtos pra cabelos cacheados, usei coquinhos no cabelos mais desistir pois nao me deixaram dormir rsrsrrs e pra minha estranha loucura rsrs no Penultimo dia de 2013 depois de ver diversos videos, as quase 23:00 fiz meu BIG CHOP. No inicio gostei, me sentir como se tivesse tirando uma mascara de mim, lavei o cabelo, experimentei alguns looks com o cabelo novo e fui dormir. No outro dia foi quando cair em mim e pensei, meu Deus o que foi que eu fiz ,mais esse momento de choque durou alguns minutos e depois foi só respostas de perguntas até indiscretas, tipo: Pq tu fez isso??, teu cabelo caiu?? e bla bla bla,vale lembrar que meu cabelo estava numa fase boa.
    Hoje com meu cabelo curtinho, tou me sentindo LIVRE e muito anciosa pra ver meu bebelo crescer com cachinhos lindos se Deus queizer.
    Confesso que a principio agir por impulso, mais isso faz parte da minha personalidade, mais hoje nao me arrependo do que fiz e estou me acostumando com essa fase tao linda pra mim, mesmo nao sabendo como sera o resultado, pois nao me lembro de como era meu cabelo, pois desde pequenininha usava quimicas e mais queimicas.
    Agora estou Livre

    • Franciele disse:

      É isso que eu penso atmbém Juh, uso quimica desde criança e tenho medo pois não conheço meu cabelo, sei que pentear ele seco é uma luta e no meio (ALTO) da cabeça ele é uó apesar de crescer bem mais nessa parte, mas eu não sei o que esperar disso tudo, preciso de conselhos!

  • Fláh disse:

    Amei sua forma de pensar e refletir sobre o BC, muitas pessoas radicalizam quando o assunto é esse, dizem ser necessário e urgente. Concordo que cada um tem seu tempo para fazê-lo e até mesmo para não fazê-lo. Percebi que o BC é algo importante, porém penso em não radicalizar, pois sei que vou me arrepender e muito… Sou iniciante na transição e só de ficar alguns meses sem alisar a parte que havia caído do meu cabelo mudou para uma textura fina e isso me deixou super empolgada mesmo o resto do cabelo estando horrível e também o poster: Minha transição capilar, me deixou muito feliz e esperançosa em relação ao meu cabelo, por isso penso em não fazer o BC e sim ir cortando de vagar a medida que ele for se desenvolvendo, para esconder a raiz decidi fazer tranças, eu uso rastafari, tenho total consciência de que o cabelo quebra e realmente a parte das pontas que estão com química mais pesada caem de vez em quando, por isso tenho o dobro do cuidado e passo produtos que o fortaleça e o hidrate, sei que quando retirar de vez as tranças o cuidado vai ser mais intensivo, mas essa foi a alternativa que encontrei e que para mim está dando certo. Sinceramente, nãos ei o que seria de mim se não tivesse encontrado esse blog que me dá forças para não me desesperar e não alisar meu cabelo que está legal de químicas.

    Beijos até.

  • Emilly Rafaelle disse:

    oiii.. to em transição a 6 meses, e estava louca pra fase o BC mas meu marido DETESTA cabelo curto, entao não quis desagradalo, ums dias atrás resolvi cortar uma mechinha, ee NOUUSSAAAAA.. :shock: ainda ta muuuuito curtooo, ainda bem que não fiz o BC, e ouvi meu maridinho >< (Nhaaa :grin: APROVEITANDOO, sonhei com a Lety essa noite, que ela veio aqui em casa, e me ensinava a fazer uma hidratação, e eu a ensinava a fazer massa de macarrão.. kkkkkkkkkkk (detalhe) Não sei fazer massa de macarrão rsrsrsrsrsrsr.. Bjuuuuuuuu

  • Joyce Angelos disse:

    Ola, garotas brasileiras! Fiz o Big Chop há 5 meses e nao me arrependo nadinha! Sou outra pessoa! Deixei meu cabelo crescer sem química por 5 meses! Fazia relaxamento com guanidina desde os 14 anos! Meu cabelo nao tinha mais uma forma definida… Nao era nem Crespo, nem liso, era frisado! Cachos só com babyliss! Eu já estava fazendo relaxamento no Beleza Natural, mas sem o Big Chop, nada de resultado! Eu estava decidida a deixar meu cabelo natural, mas confesso que nao consegui lidar com o super volume e falta de definicao de cachos do meu cabelo! Sou dentista e uso touca descartável todos os dias! Então relaxei no Beleza Natural e nao me arrependo! Meu cabelo esta como sempre sonhei, cachos definidos, volume e muitos elogios por onde passo! Mas super incentivo deixar o cabelo natural! Bjao

  • Helena disse:

    Quando eu decidi fazer a transição, a primeira coisa que eu fiz foi o BC, meu cabelo estava um pouco abaixo dos ombros e cortei até deixar metade da nuca à mostra. Foi sim uma coisa impulsiva, teve horas que eu me arrependi, mas passou. É milhões de vezes mais fácil e prático cuidar de um cabelo curto nesse momento, e eu recomendo. É claro que tem que ser uma coisa pensada, mas se você realmente quer, corte. Às vezes rola um arrependimento naquele bad hair day, mas com todo cabelo é assim, sempre tem altos e baixos, e na minha opinião vale muito a pena. Beijos e boa sorte! :)

    • Concordo que cabelo curto é muito mais prático! :-) Cada um tem seu tempo e acho que você fez bem em fazer logo no início, já que se sentia bem e confortável com isso! :-)

  • Rosilda Fonseca disse:

    Olà meninas. Adorei a materia e como voce se posiciona e se coloca em relaçao ao assunto falado. Eu também estou em fase de transiçao mas nao cortei o meu cabelo e nem estou pensando no assunto no momento. Eu detesto as ideias radicais e o que gosto no blog de voces é a forma em que voces mostram os dois lados da moeda de forma agradavel e inteligente. Eu adoro ler os posts da Leticia, Fabiana e Nah…gostaria de Parabeniza-las pois escrevem muito bem e com segurança. Eu adoro ler tudo que a Leticia escreve. Eu me identifico muito com o blog de voces, sinto uma simplicidade que transborda, é um blog de UTILIDADE e nao de FUTILIDADE, voces sao verdadeiras e super naturais. Entro todos os dias varias vezes e muitas vezes releio os posts. Gosto de ler tambéM os comentarios das leitoras pois vejo que todas tem conteudo e se propicia uma troca de experiencias entre nos. Um grande abraço da gelada Milao para todas.

    • Oiii Rosilda… para de elogios, porque já estou quase voando! hahahaha Você é uma querida! Adoro ler seus comentários :-)
      Sobre o blog, nosso lema é: Ser útil, esbarrando no fútil, mas nunca inútil! :-) Beijoooooo pra você em Milão! Estamos torrando de calor aqui, um pouquinho do seu frio seria até bom. :-)

  • Carol disse:

    Eu considerei o BC assim que iniciei na transição, conversei com meu noivo e ele não apoiou, mesmo assim eu falei que a decisão final seria minha. E continuei pesquisando. Descobri então o UGB, o cronograma capilar e as texturizações. Sinceramente, eu não sei como é o meu cabelo, pois faço química desde os 12 anos. Até os 22 eu fazia relaxamento na raiz, mas nunca me preocupei em hidratar, etc. Só fazia o relaxamento, lavava com shampoo passava leave in e saia linda com a raiz baixa e os cachinhos no resto do cabelo. Um dia resolvi fazer um selagem que prometia tirar a porosidade e o frizz (que tenho muito por ter tricotilomania) do meu cabelo e baixar o volume. Qual não foi minha surpresa quando me vi de cabelo liso. Logo eu que não fazia escova porque me achava feia sem meus cachos. Fiquei então escrava da progressiva porque toda vez que aquela raiz “ruim” crescia eu ficava doida com o volume e o cabelo “fofo”. Foi assim até julho deste ano, quando fiz a progressiva pela última vez. Estou muito ansiosa para saber como é meu cabelo e com muito medo também de ceder a guanidina de novo. Minha pele é clara, mas meus traços remetem a minha avó materna que é negra. E esses dias fiz texturização com tranças no cabelo inteiro e uma pessoa no trabalho perguntou o que diabos eu havia feito nele, que deveria fazer a progressiva de novo, que cabelo cacheado dá trabalho e que ela desconfiava que eu tivesse “cabelo ruim” por causa no meu nariz de batatinha… Enchi-me de ódio, mas me limitei a falar que não queria mais nada falso no meu corpo, e ponto final. Mas e se eu trair o meu discurso? Como falei, não conheço meu cabelo. Ele está com 5 dedos de raiz e não consigo encaixá-lo em nenhum tipo. Desisti do BC, por enquanto, pois estou fazendo o cronograma e toda vez que lavo estico bem a raiz, faço tranças nas pontas e quando seca, solto e faço um penteado pra disfarçar o volume das laterais que é o pior. Mas como você falou, a medida que a raiz crescer vai ficando inviável. É uma mistura de ansiedade, medo e sei lá mais o quê. Quero muito conseguir… Enfim, desabafei. hahaha Ah, quero agradecer pela grande ajuda que você as colaboradoras do blog nos dão. Vocês são lindas, por dentro e por fora! E gostaria de pedir mais dicas para diminuir o frizz, pois como falei tenho tricotilomania e acabam ficando muitos fios curtinhos e arrepiados. Beijos.

    • Marta disse:

      Carol, li seu comentário e achei bem interessante, estou na transição a dois meses e meio e também não conheço meu cabelo, já considerei o B.C. mais nunca me vi de cabelos tão curtos, por isso ainda não tive coragem, meu esposo até me apoia, disse que vai me amar do mesmo jeito independente de cabelo curto ou comprido, mais que acha melhor esperar mais um pouco por que me conhece bem e acha que eu não vou gostar.Ontem fui a um salão e cortei meu cabelo até o pescoço, tirei quase um palmo de cabelo, eu gostei…mas quando cheguei no trabalho tive vários comentários negativos, mais uma das coisas que temos que nos acostumar ao assumir nossas raizes e a não se importar com a opinião dos outros, temos que nos olhar no espelho nos sentir lindas e falarmos para nós mesmas “hoje ninguém vai estragar meu dia”… e concordo com que a Fabiana falou o cabelo é seu você faz como achar melhor, mas tem que você achar melhor e não os outros…
      Força nos cachinhos!!!

    • Oii Carol, li todo o seu relato! hahaha
      Bem, sobre o frizz, você precisa primeiro controlar/tratar a tricotilomania para que tenha realmente bons resultados. Mas enquanto isso, você pode ir cuidando deles da seguinte forma:
      Usar um gel se álcool ou caseiro para disfarçar o frizz nos primeiros dias. Clique AQUI e veja uma receita.
      Usar um leave-in sempre após lavar a cabeça. Teste um leave-in de consistência densa e veja como se sai, indico o Cachos Definidos da Pantene.
      Sempre enxaguar a cabeça em água temperatura ambiente ou fria, nunca quente.
      Usar pentes largos e de preferência de madeira na hora de pentear.
      Usar uma touca ou capa de travesseiro de cetim. Se tiver uma camisola de cetim, forre seu travesseiro na hora de dormir. Isso evita o atrito do cabelo durante o sono.
      Secar o cabelo naturalmente e com uma camiseta velha de algodão. Evite a toalha de banho, ela causa muito atrito e produz mais frizz.
      Fazer umectação com óleos vegetais. Veja AQUI algumas dicas.
      Usar vinagre de maçã no último enxague, clique AQUI e veja como.
      Usar shampoo sem sulfato, veja AQUI.
      Acredito que estas dicas já ajudarão muito no seu dia a dia. :-P

  • Fabiana disse:

    Semana passada, surtando com o frio, a umidade e o meu cabelo sem forma…meti o salon line nele!!!
    Há um ano eu nao usava relaxantes, mas eu nao aguento meu cabelo no comprimento q ele está = nem curto nem comprido!
    Sempre q chego neste ponto eu passo a tesoura…e eu cheguei a fazer isso semana passada, passei a tesoura, mas só na parte de trás da nuca e deixe a parte da frente “comprida”…como isso nao me deixou satisfeita eu peguei o restinho de alisante q tinha em casa, misturei com mto creme e usei!
    No fim, foi mais para diminuir minha ansiedade (e TPM) do q “arrumar” o meu cabelo, pois ele continua o msm!! kkkkkk
    SOMOS LIVRES!!!! FAÇA OQ VC TEM VONTADE DE FAZER E NÃO OQ IMPÕEM :wink:

  • Kele Juliana disse:

    Realmente o Big Chop deve ser feito quando a pessoa estiver preparada. Ainda não fiz o meu, nem sei se vou fazer já que só falta a parte da frente enrolar. No facebook, participei de muitos grupos de cacheadas. A troca de experiências me ajudou muito, porém, com o tempo, percebi o quanto são radicais com essa história do “cabelo natural” e como você falou, rapidamente deletavam o post quando alguém escrevia que se arrependeu ou vai desistir da transição. Não acredito que precise disso, cada pensa e faz o que achar melhor para si!! E tudo tem sua hora… Adoro o blog de vocês!! Um grande abraço!!

  • Maic Ane disse:

    Esse é um momento realmente muito tenso, tinha o cabelo na cintura e depois cortei na altura dos ombros porque depois de muita tintura ele ficou bem ‘esticado’. Mas adorei foi uma fase diferente é que eu precisava de um cabelo mais curto. Então eu adorei… Mas acredito que para muitas meninas deve ser uma tortura! O.O
    glamandroll.blogspot.com.br

    • Realmente, nem todas se adaptam com o cabelo curto. Mas já vi muitas outras que até ficaram mais estilosas. Depende muito de cada pessoa e da forma como ela encara essa transição. Beijoo!:-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Sorteio Lingerie
Meu Big Chop
 
Find us facebook
Cronograma Capilar